Anúncios

Arquivo do mês: maio 2011

Dormindo como um astronauta

Em 1966 dois senhores cientistas da Ames Research Center, criaram uma espuma especial para melhorar a segurança da nave e o descanso dos astronautas.

Feita maioritariamente de poliuretano, a espuma visco-elástica é mais viscosa e mais densa do que as espumas normais.

Em 1980 a NASA liberou o material para uso público e uma empresa chamada Tempur World decidiu começar a produzir coisas mais mundanas com ele. Inicialmente era muito caro e por isso só usado em hospitais, colocado em camas especiais para pacientes que precisavam ficar imóveis durante muito tempo.

Hoje em dia está bem mais banalizado e é comum ver empresas vendendo “almofadas e colchões com a tecnologia da NASA”.

Disponível em densidades diferentes, a versão mais densa da espuma amolece com a temperatura, o que quer dizer que em poucos minutos se molda a um corpo que emita calor.

A versão de baixa densidade reage com a pressão e portanto se molda quando peso é aplicado. Assim que este é retirado, a espuma retorna ao seu formato original.

Colchões mais duros ou mais moles dependem da densidade e também do número de camadas usadas no seu fabrico. No geral, os de maior densidade são mais resistentes e  duram mais.

A maior vantagem destes produtos é que se re-ajustam fazendo com que o seu peso esteja sempre igualmente distribuído, permitindo um descanso melhor.

Embora acumule menos pó e portanto seja beneficial para quem tem asma, esta espuma tem um cheiro característico que pode causar algum desconforto e até irritação respiratória, além de que sendo um poliuretano, é combustível – não aconselhável para quem gosta de fumar na cama.

Tenha um sono espacial! 🙂 e depois me conte como foi porque eu não tenho uma dessa e quero saber se vale a pena.

Anúncios

Mundo Canibal – Pequeno Delito

Um dos meus favoritos de sempre 😀

Ladrão??!!! Ladrão??!!! Ladrão??!!! Ladrãããããooooooo??!!! Ladrãããããooooooo??!!! Laaaaaaaaaaaaa….

Que ABSUUURRDOOOO!!!!!!


Dívidas mundiais – o relógio de débito global

Inicialmente este relógio, localizado na Times Square,  foi criado para mostrar a dívida dos Estados Unidos mas hoje em dia existem versões mundiais que indicam as dívidas de todos (ou quase todos) os governos.

O aumento destes valores indica maior probabilidade de crise financeira e até maior instabilidade política, já que as crises muitas vezes causam mudanças governamentais.

Todos os valores nas imagens embaixo estão em dólares.

Esse é o quadro negro do momento:

Se quiserem ver a versão mais atual ou comparar outros países, aqui o link para o site do The Economist.


Estagiário Fail: Você quis dizer Osama?