Anúncios

Já ouviu falar em Objectofilia?

Objectofilia ou Objecto-Sexualidade (OS) é o desejo emocional e muitas vezes romântico de desenvolver relações com objectos inanimados. Indivíduos objectófilos podem sentir atracção, amor e se comprometer com objectos ou estruturas. Para alguns ter relações sexuais ou emotivas com outros humanos é incompreensível.

Alguns OS também acreditam em animismo – acreditam que os objectos têm almas, inteligência, sentimentos e que são capazes de se comunicar – e assim, têm uma sensação de reciprocidade nas relações.

A primeira pessoa a se assumir uma objectófila foi a sueca Eija-Riitta Eklöf Berliner-Mauer, no início da década de 70 (website pessoal em inglês http://www.berlinermauer.se/). Eija se diz apaixonada pelo Muro de Berlim e inclusive “casou” com ele em 1979.

Em Fevereiro de 2008 Erika Eiffel, que mora na Califórnia (EUA), fundou a OS International, um website educacional e comunidade online para os que amam objectos. O nome Eiffel vem do seu casamento com a Torre Eiffel, que foi documentada mundialmente pela mídia.

Para superar a distância, o tamanho de alguns dos objectos e também a falta de privacidade quando se tratam de estruturas públicas como a Torre Eiffel ou o Muro de Berlim, os objectófilos constroem modelos em escala. Eles recriam num tamanho menor mas com todos os detalhes os seus objectos de desejo para que possam dormir, comer, e se relacionar de uma forma privada e diária. Estes modelos não servem como substitutos e sempre que podem preferem estar perto do objecto real.

Algumas histórias de amor:

Carros

O americano Edward Smith admite que é apaixonado por carros, mas não como a maioria dos homens. Ele diz já ter tido “relações” com mais de 1000 carros. Atualmente a sua paixão é uma Volkswagen Beetle branca chamada Vannila,  mas já teve várias outras companheiras, até um helicóptero. Ou devo dizer helicóptera? Smith, 57 anos, afirmou que teve sua primeira relação sexual com um carro aos 15 anos e, desde então, nunca mais se sentiu atraído por mulheres ou homens.

Jordan Witham, também americano e também apaixonado por uma Volkswagen Beetle branca é outro objectófilo com obsessão por carros. Ele  não se sente atraído por humanos e aliás nunca beijou nenhuma mulher (ou homem). Está completamente satisfeito com a sua relação e não quer ter filhos nem uma família tradicional. Diz não precisar de mais nada que não seja o amor de seu carro.

Edward Smith com Vanilla

Jordan Witham

 

 

 

 

 

 

 

Torres Gêmeas

Para Sandy K. o 11 de Setembro de 2001 significou a morte do seu amor. Ela é apaixonada pelas Torres Gêmeas e até hoje guarda os modelos que mandou fazer.

Sandy K.

 

 

 

 

 

Boneca

Billy tem uma companheira com verdadeiras formas femininas. Mas não fala, não come também não faz compras, é surpreendente que mais homens não a achem a “mulher ideal”. O seu nome é Chee Chan e ela é uma boneca. De acordo com Billy no início era só sexo, sexo, sexo mas a relação evoluiu e agora são verdadeiros companheiros.

Billy e Chee Chan

 

 

 

 

 

Uma carruagem de trem

Joachim A., 41 anos, diz ter reconhecido e aceitado sua inclinação quando tinha apenas 12 anos de idade. Na época, era loucamente apaixonado por um orgão Hammond. Agora tem uma relacão estável de vários anos com uma locomotiva, e admite que como trabalha na área de manutenção, alguns trabalhos já o levaram à infidelidade, traindo a locomotiva com outras máquinas.

Joachim A.

 

 

 

 

 

Estruturas públicas famosas

Erika Eiffel casou com a Torre Eiffel em 2008. Ela diz que a estrutura da torre é simplesmente magnífica e cheia de curvas subtis, é uma mulher apaixonada e feliz com a sua relação.

Entre os muitos amores e companheiros de Eija-Riitta – uma guilhotina, um arco, uma cerca vermelha (que é inclusive o símbolo dos OS), uma ponte – nenhum é tão famoso como o Muro de Berlim, o seu mais antigo amor e marido também. Eija é virgem (com humanos), mas diz já ter tido muitas relações intensas com os seus objectos de afeição.

Erika Eiffel

Eija-Riitta e seu modelo da Torre de Berlim

Anúncios

Uma resposta para “Já ouviu falar em Objectofilia?

Dar pitaco

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: