Anúncios

Arquivo do dia: 06/06/2012

writewithimages.com – site traduz palavras para imagens usando o Google

O brasileiro Mihail Aleksandrov (diretor de arte) e os argentinos Santiago Luna Lupo (redator) e Nicolas Morell (programador) criaram o The Image Language, site que transforma palavras em imagens.

O site funciona basicamente como um tradutor, as imagens correspondem ao primeiro resultado do Google Images para cada palavra da sua mensagem.

Embora as mensagens em Inglês sejam um pouco previsíveis, em Português os resultados são bem mais inesperados.

A minha mensagem para vocês!

Anúncios

Os Estados Unidos não têm um idioma oficial

Pode parecer estranho, mas é verdade! Os Estados Unidos da América não possuem uma língua oficial.

Cada estado pode ter leis próprias que colocam a língua que quiser como a sua oficial. O Inglês é o idioma nacional de facto (na prática) mas não há nenhuma língua oficial a nível federal ou em sua constituição, que a coloque de forma oficial.

Algumas leis, como os requisitos para naturalização, padronizam o inglês e exigem a fluência do mesmo. Há movimentos públicos e até no Senado federal que lutam pela oficialização. Porém, nunca chegou a ser feita uma lei que tornasse isso real.

Como cada Estado pode ter sua própria língua oficializada, 32 optaram pelo inglês. O Havaí opta pelo inglês conjuntamente ao havaiano. O Novo México possui lei que prevê o uso do inglês e do espanhol, como a Califórnia, que obriga documentos do governo a serem publicados também em espanhol. O Louisiana inclui o francês como oficial ao lado do inglês.

Vários territórios insulares concedem o reconhecimento oficial para suas línguas nativas, juntamente com o inglês: samoano e chamorro são reconhecidas pela Samoa Americana e Guam respectivamente; caroliniano e o chamorro são reconhecidos pelas Ilhas Marianas do Norte e o espanhol é a língua oficial de Porto Rico.

Cerca de 80% da população americana usa apenas o inglês em suas casas, e o espanhol é a segunda mais comum com 12% de utilização.