Anúncios

Arquivo da tag: Google

Prever o futuro – coisa de tecnologia, não de bruxo

A Google Venture investiu numa empresa chamada Recorded Future, que trabalha para prever o futuro.

O sistema pesquisa a internet e coleta referências sobre eventos futuros. Todas essas informações são guardadas numa base de dados e posteriormente analisadas por um algoritmo, que retira conclusões desses dados.

São os biliões de acções humanas, sobretudo de pesquisa, mas também de decisão que fornecem os dados necessários. Depois disso, a força dos algoritmos e o poder dos processadores retira suas conclusões com base em várias técnicas, como por exemplo usando a sabedoria das multidões — que consiste em colocar uma questão a uma grande quantidade de cérebros e extrair a média das respostas. Tornando mais complexa a grelha de interpretação (confronto de respostas por grupos de cérebros) podemos melhorar, ou piorar, os cenários de previsão.

A idéia é que o resultado das previsões tenha uma precisão semelhante à dos boletins meteorológicos.

A Recorded Future oferece atualmente alertas sobre mercado financeiro, notícias geopolíticas, mudanças no cenário industrial, informações sobre figuras públicas, tecnologia, segurança da informação e até possíveis ataques terroristas. O aplicativo pode também ser configurado para gerar resultados sobre um tema ou indivíduo específico.

A Google ainda não divulgou quando terá acesso aos dados da Recorded Future nem como esses dados serão utilizados.

Para quem ainda não sabia, o conceito não é novo, já existe desde de 1997 quando Clif High e o seu associado George Ure decidiram criar um software que prevê o futuro de acordo com as keywords inseridas na internet. O Web Bot Project foi criado inicialmente para fazer previsões sobre as tendências das ações no mercado econômico.  

Os algoritmos que criaram são altamente secretos e eles vendem as suas previsões no website HalfPastHuman. Dizem ter previso o 11 de Setembro, o furacão Katrina, desastres áereos e outros acontecimentos. 

As próximas previsões includem um grande atentado terrorista dia 8 de Julho de 2010 assim como o iníco da 3a Guerra Mundial, que deve começar dia 11 ou dia 14 de Novembro também desse ano. Ainda uma super catástrofe em 2012, que pode ser provocada por uma reversão nos pólos magnéticos da Terra ou por uma série de atentados nucleares que culminará com um atentado maior e mais devastador – faz sentido, se a 3a guerra realmente começar.

O sistema não prevê, no entanto, o fim do mundo ou do planeta Terra.

Interessante?

Veja o vídeo de apresentação da empresa Recorded Future (em inglês):

Anúncios

Google Buzz

A Google lançou ontem um novo serviço: Google Buzz. Tem diversas funcionalidades inspiradas em redes sociais como o Twitter e o Facebook. É também uma nova tentativa de agregar vários serviços da Google.

A nova ferramenta está a ser incluída no Gmail e permite partilhar actualizações, fotografias, vídeos e aceder a serviços de mensagens instantâneas em tempo real com os contactos de e-mail.

Outra das características do Buzz semelhante à das redes sociais é o facto de sugerir amigos ao utilizador do Gmail em função das mensagens trocadas e do histórico das conversas.

O Google Buzz tem uma aplicativo online que pode ser acessado pelos telefones. Não é preciso instalar nada porque ele funciona pela internet. É só acessar http://buzz.google.com no celular e postar suas “buzzinadas” (”buzzes”).

A nível de privacidade, a empresa refere que a informação partilhada através do Buzz pode ser tornada pública ou privada pelo utilizador.

Na versão da aplicação para telemóvel, surge ainda a possibilidade de apresentar informação com a localização do utilizador.

Eu decidi testar. Na verdade não tenho Twitter nem Facebook, nunca soube muito bem que o que postar no Twitter, quem seguir, e tendo Orkut e Hi5 acho que Facebook já fica demais.

Andava pensando criar um Facebook de novo, só porque parece que aqui em Dubai é o que todo mundo usa, e na realidade, era mais para me conectar com o povo do trabalho. Do Twitter acho que não viro fã… continuo sem ver qual é a graça.

Assim, vou dar uma oportunidade para esse Buzz e ver qual é. Provavelmente vai acabar esquecido mas, aqui vai:

Meu Google Buzz

Ainda sem seguidores nem seguindo ninguém… Provavelmente porque o serviço é bem recente e não tem ninguém usando ainda.

Postei o link do blog e botei meu status como “Busy at work” e só, também não sei usar direito.

Estou tentando convencer minhas colegas de trabalho, meu namorado, mãe, pai e até minha avó kkk (sim, ela roda mais a Internet que eu!!) a se juntarem. Quero ver o que dá para fazer depois que se adicionam pessoas. 

Vamos ver no que vai dar, quero ter pelo menos um seguidor e uma pessoa a quem seguir!!