Anúncios

Arquivo da tag: Pensamento Criativo

Vídeo maravilhoso sobre educação e criatividade

Tem legenda em português, basta ativar no CC.

Anúncios

Pensamento criativo – Parte 1

O nosso cérebro, assim como o resto da nossa anatomia, é constituído por duas partes: o cérebro esquerdo e o cérebro direito. Estão separados por um septo que os divide quase totalmente, não fosse uma espécie de “cabo” – que é um conjunto de nervos entrelaçados – chamado corpus callosum (corpo caloso) e que é o único meio de comunicação entre as duas metades.

Os hemisférios esquerdo e direito processam informação de formas diferentes e todos nós temos um lado dominante. No entanto, podemos exercitar e aprender a usar ambos os lados de uma forma balanceada. Isto significa que precisamos treinar o lado que não é dominante.

De uma forma geral o lado esquerdo é responsável pelo pensamento lógico, é preso a conceitos e à realidade, vê os detalhes em vez do todo, quebra problemas e procura soluções.

O lado direito pelo contrário, é solto e livre, usa sentimentos e imaginação, é baseado na fantasia e apresenta possibilidades, se concentra no todo e não em partes.

A nossa personalidade é influenciada pela forma como usamos cada uma das metades, pela forma como elas interagem ou não interagem de todo. Quando somos crianças, até aos 7 anos, somos na maioria altamente criativos. Na idade adulta, apenas 2 % da população total apresenta um valor máximo de criatividade.

Eu não sou excepção – tenho uma tendência clara para um pensamento mais lógico e racional. Apesar de também usar alguma criatividade, é sempre em busca de uma solução e não consigo simplesmente jogar idéias que me parecem absurdas, ou seja, não consigo ser pura e simplesmente criativa.

Como sempre quero um pouco de tudo vou treinar a minha mente criativa e vou dar umas dicas aqui pra isso também.

Então vamos começar – primeiro passo: qual é o seu nível de pensamento criativo?

A tabela abaixo tem 2 colunas, A vs. B, marque a opção preferida em cada uma, conte os Bs e veja o resultado no final.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora que já descobriu o seu nível  de pensamento criativo (provavelmente baixo), espere pela Parte 2 desse post onde vou mostrar alguns exercícios que pode fazer para melhorar sua situação.

Se é dos 2%  de super criativos – Parabéns!!! Talvez seja bom exercitar um pouco o lado analítico, não? Alguns Sudokus devem ajudar 🙂