Anúncios

Arquivo da tag: Sexo

Quer engravidar? Precisa em média de 104 transas

Um estudo revelou hoje que em média um casal precisa ter relações 104 vezes para que a mulher engravide.

De acordo com pesquisadores tipicamente leva cerca de 6 meses para que um casal conceba seu primeiro filho, em que a mulher tem sexo 4 vezes por semana.

O estudo também mostra que 1 em cada 10 mulheres fica tão ansiosa para engravidar que se torna comum ligarem para os maridos enquanto estes estão no trabalho pedindo que eles vão para casa para transarem enquanto ela está ovulando.

Apesar de tudo, 70% dos casais que participaram na pesquisa dizem querer que seus filhos nasçam de uma sessão espontânea de amor em vez de uma relação “forçada”.

3000 mães participaram nessa pesquisa e de acordo com o Dr. Mike Smith (da organização First Response, que conduziu o estudo): “104 vezes para engravidar pode parecer muito mas a prática faz a perfeição”.

Ele também relembrou que apesar disso muitas mulheres engravidam logo na primeira vez, por isso se o se desejo não é o de ser mãe, não se esqueça de usar as devidas precauções.

Anúncios

Bizarro: Síndrome da Atração Sexual Genética

Avó e seu netinho do coração

Com certeza já leram por aí a bizarra e curiosa história de Pearl Carter – 72 anos, e Phil Baile – 26 anos, que causaram polêmica nos EUA (e não só) quando resolveram assumir uma relação amorosa e o desejo de terem um filho sendo que, são avó e neto.  

Ela diz ter se apiaxonado pelo neto desde que o conheceu – quando tinha 46 anos. A mãe do rapaz foi deixada para adoção quando Pearl tinha apenas 18 anos. Já idosa, ela soube da morte da filha e foi atrás do neto, com quem começou essa estranha relação. 

Aparentemente, o que eles estão sentindo tem um nome e mais casos reportados: Síndrome da Atração Sexual Genética – é o nome que dão ao desejo sexual que é sentido entre parentes próximos, como pais e filhos ou entre irmãos por exemplo.

Alguns factores contribuem para a síndrome como o facto de que rostos familiares e parecidos com os nossos nos parecem mais atraentes e confiáveis e, ter o mesmo tipo de interesses e personalidades também ajuda a captar nossa atenção. Na teoria – embora não comprovado e debatível – se a personalidade é transmitida geneticamente, é natural que parentes próximos sejam mais parecidos.

É uma das possíveis consequências da adopção quando os adoptados voltam a encontrar parentes biológicos (quer saibam ou não que são seus parentes) e, embora seja raro, não é tão raro assim: cerca de metade das famílias que se reencontra tem relato de um caso desses!  

Quando a relação sexual é concretizada, então passa a ser incesto e é, em alguns países, punível por lei. Acontece que nem todos os casos chegam a isso, na maioria das vezes não passa de digamos, uma forte atração provocada por um sentimento obsessivo.

Se torna mais díficil acontecer quando o reencontro é ainda durante a infância da criança, já que a maioria dos irmãos ficam então protegidos pelo efeito de Westermarck – basicamente os adultos evitam escolher como parceiros sexuais indivíduos com os quais eles viveram suas infâncias.

Mais casos polêmicos:

Continue lendo


Mulher arranca testículo de ex e tenta engolir

A comedora de saco

Amanda Monti – 24 anos – teve um acesso de raiva quando o seu ex-namorado, Geoffrey Jones – 37 anos – rejeitou os seus avanços no final de uma festa. Ela puxou o seu testículo esquerdo e tentou engoli-lo. Sem sucesso, terminou cuspindo de volta.

Ela se confessou culpada do crime e foi condenada a 2 anos e meio de prisão. O juíz Charles James disse que foi uma “agressão muito grave” e que Monti não agiu em defesa própria.

O tribunal ouviu o depoimento, onde ficou claro que Jones terminou a “relação aberta” com Amanda no final de Maio do ano passado. O ex-casal continuou mantendo a amizade e no dia 30 Maio ela o pegou numa festa e foram junto com uns amigos tomar uns drinks na casa de Geoffrey.  

Uma briga começou e rapidamente virou uma luta. Aparentemente Amanda agarrou os genitais do ex e “puxou com força”. Tanta força que, de acordo com Jones “a minha cueca caiu, fiquei completamente pelado e sentindo uma dor insuportável”.

Um amigo que presenciou o acontecido testemunhou que viu Monti colocar o testículo na boca e tentar engolir. Aparentemente ela se engasgou, cuspiu de novo na mão e o amigo tirou da mão dela e devolveu a Geoffrey dizendo “Isso é seu”.

Numa carta ao tribunal Amanda diz estar arrependida e que “Nunca foi minha intenção machucar Geoff e o facto que lhe causei dor vai viver comigo para sempre. Não sou de maneira nenhuma uma pessoa violenta”. Dizia ainda “Tentei explicar para mim mesma o que aconteceu e ainda não consigo lembrar. Isso me causou muita angústia e eu vai causar até o fim da minha vida”.

Fonte: BBC News

E aí, o que vocês acham disso?


A lua de mel de Frederico

Aos 82 anos de idade, Frederico se casou com Ana, de 27 que, em “consideração” ao marido tão idoso, decide que devem dormir em quartos separados.

Terminada a festa do casamento, cada um vai pro seu quarto.

Ana se prepara pra deitar, quando ouve batidas fortes na porta… As batidas insistem. Ao abrir a porta, ela se depara com Frederico, com seus 82 anos, pronto pra ação. Tudo corre bem e após uma relação quente e vigorosa.. Frederico despede-se e vai pro seu quarto.

Passados alguns minutos, Ana ouve novas batidas na porta do quarto… É Frederico, novamente pronto pra ação. Ela se surpreende, mas deixa-o entrar. Terminada a relação, Frederico beija-a carinhoso e despede-se, indo pra seu quarto.

Ana se prepara pra dormir novamente, quando escuta fortes batidas na porta. Espantada, Ana abre e se depara com… Frederico!!! Mais do que pronto pra ação, com aspecto vigoroso e renovado.

Ela diz:

– Estou impressionada que em sua idade possa repetir a relação com esta freqüência. Já estive com homens com um terço de sua idade e eles se contentavam apenas com uma vez. Você Frederico, é um grande amante!

Continue lendo